Matrículas de alunos do Estado começam na próxima semana; veja o calendário

Agência de Notícias

O governo do Acre inicia na próxima semana o calendário de matrículas para o ano letivo de 2021, que irá começar em maio, com aulas híbridas (presenciais e remotas). O calendário tem abertura com a renovação de matrícula dos alunos que já estão na rede estadual de ensino. É a chamada rematrícula automática, que vai do dia 1º de março ao dia 26. A renovação automática se dá na própria escola, e um dos pais ou responsável precisa comparecer pessoalmente à instituição para confirmar a rematrícula.

Já entre os dias 22 e 31 de março se estende o prazo para a solicitação online de matrículas para alunos novos da educação básica. É o prazo para os que não são das redes municipal ou estadual, mas desejam ingressar na rede estadual de ensino.

Também entre os dias 22 e 31 de março é o prazo para que o aluno faça a solicitação online de transferência interna. São aqueles alunos que já estudam na rede estadual de ensino e desejam continuar, mas querem pleitear uma vaga em outra escola.

O envio da lista dos alunos que serão encaminhados das escolas municipais para as escolas estaduais será realizado entre os dias 19 de abril e 23 de abril. Já o envio da lista dos alunos que serão encaminhados de uma escola para outra dentro da própria rede estadual, entre os dias 29 e 31 de março.

A confirmação e validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados das escolas municipais para as escolas estaduais serão entre 26 e 30 de abril. Já a confirmação e validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados dentro da própria rede estadual será entre os dias 5 e 9 de abril.

Em relação aos alunos novos, a confirmação e validação das matrículas que foram solicitadas online se dará entre os dias 19 e 21 de abril. E a confirmação e validação das transferências internas solicitadas online, entre os dias 26 e 30 de abril.

A SEE ainda irá disponibilizar os links para que alunos, pais e responsáveis possam realizar as matrículas. No primeiro momento, os pais precisam ir pessoalmente às escolas para confirmar a rematrícula dos alunos que já estão na rede.

Veja o calendário de matrícula

01/03 a 26/03 – Renovação de matrículas dos alunos da rede estadual de ensino (na própria escola).

22/03 a 31/03 – Solicitação online de matrículas para alunos novos da educação básica.

22/03 a 31/03 – Solicitação online de transferência interna para os alunos da rede que desejam pleitear vaga em escola diferente da que se encontram matriculados.

19/04 a 23/04 – Envio das listas dos alunos que serão encaminhados das escolas municipais para as escolas estaduais.

29/03 a 31/03 – Envio da lista dos alunos que serão encaminhados para outra escola dentro da própria rede estadual.

26/04 a 30/04 – Confirmação e validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados das escolas municipais para as escolas estaduais.

05/04 a 09/04 – Confirmação e validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados para as escolas da própria rede estadual.

19/04 a 21/04 – Confirmação e validação das matrículas dos alunos novos que foram solicitadas online.

26/04 a 30/04 – Confirmação e validação das transferências internas solicitadas online.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.