Educação acerta últimos preparativos para as avaliações do Saeb

Estão chegando as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e para garantir a tranquilidade dos estudantes da rede estadual no momento das avaliações, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), promoveu durante toda a semana uma série de visitas para a orientação dos alunos das unidades de ensino.

“Nessa semana, em especial, todas as nossas equipes de assessores pedagógicos, tanto aqui da secretaria, em Rio Branco, quanto dos núcleos do interior, estão dentro das escolas fazendo a sensibilização para o Saeb. Eles estão em contato direto com os alunos, explicando qual é a importância, qual é o significado, levando atividades para que os alunos reflitam e entendam o que é a prova e o que ela traz para a gente enquanto rede”, explicou a diretora de Ensino Denise Santos.

O conjunto de avaliações que compõem o Saeb permite ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realizar um diagnóstico da educação básica brasileira. Os testes e questionários são aplicados de dois em dois anos e refletem os níveis de aprendizado dos estudantes. As informações obtidas nesse sistema mais as apuradas no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

Durante as visitas, além da revisão por meio de atividades lúdicas dos conteúdos estudados até agora, os assessores pedagógicos conversaram com os alunos sobre a importância da participação deles nas avalições. “Para que eles entendam a importância de avaliação, de se empenharem, de não faltarem, de fazer com atenção, de fazer a leitura, pois às vezes eles acham que não tem importância, saem marcando aleatoriamente e isso não vai expressar o resultado verdadeiro”, explica a assessora pedagógica Renata Carolina.

Ainda segundo a diretora de Ensino, o trabalho de diagnóstico e resolução de fragilidades na rede vem sendo desenvolvido desde o início do ano letivo, quando a nova gestão assumiu a pasta. “A nossa primeira iniciativa foi pensar em identificar como nossos alunos estavam na rede. Não medimos esforços para a realização da avaliação diagnóstica inicial. E a partir desses resultados nós desenvolvemos uma série de ações de reforço, envio de atividades para os núcleos e de orientações para as escolas”, contou.

As avaliações serão aplicadas entre os dias 21 de outubro e 01 de novembro. Para a estudante Raissa Oliveira do nono ano da escola Senador Adalberto Sena que sonha cursor medicina, as provas são também uma oportunidade de medir os seus conhecimentos. “Eu estou estudando e vou fazer o máximo para tirar uma nota alta”.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.