Petista, Zé de Abreu critica escolha de Frota para transição: “desrespeito à classe artística”

O ator Zé de Abreu criticou nesta terça-feira (22) a decisão da equipe de transição do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de convidar o deputado federal Alexandre Frota (PSDB) para integrar o grupo de trabalho voltado para a Cultura. Zé de Abreu apoiou a candidatura de Lula à presidência.

A escolha foi anunciada mais cedo, em coletiva realizada pelo coordenador da equipe de transição, Geraldo Alckmin (PSB). Zé de Abreu, que é apoiador declarado de Lula, considerou a decisão um “desrespeito”.

“Colocar Alexandre Frota na transição na área da Cultura é um desrespeito à Classe Artística”, afirmou o ator no Twitter.

Frota já foi alvo de críticas petistas por ter apoiado Jair Bolsonaro. O parlamentar rompeu com o presidente durante o mandato.

Além de Frota, o grupo de transição voltado à Cultura será composto pelos deputados Benedita da Silva (PT), Jandira Feghali (PCdoB), Marcelo Calero (PSD) e Túlio Gadelha (Rede).

 

[CNN]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.