Enem 2020 tem seu segundo dia de prova

Os portões dos locais que realizam a prova do Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) fecharam às 13h (horário de Brasília) deste domingo e a prova teve início às 13h30. Os portões foram abertos às 11h30, horário antecipado para evitar aglomerações. A prova terá termina às 18h30.

São esperados 2 milhões de candidatos neste segundo dia de prova. Eles terão cinco horas para resolver 90 questões, sendo 45 de Matemática e outras 45 de Ciências da Natureza, área que abrange as matérias de Biologia, Física e Química.

No último domingo (17), primeiro dia da prova, mais de 50% dos inscritos faltaram ao exame, um índice de abstenção recorde na prova. Em alguns locais, candidatos que se apresentaram para realizar a prova foram impedidos depois que as classes alcançaram capacidade máxima de 50%.

Os candidatos que perderam a prova e se sentiram prejudicados por "incidentes logísticos", como restrições devido à pandemia em suas cidades, falta e transporte, entre outros, poderão solicitar a reaplicação da prova. O mesmo acontece para quem apresentou sintomas de covid-19 ou teve a doença confirmada. O pedido poderá ser feito entre os dias 25 e 29 de janeiro, pela Página do Participante. [Fonte: Uol]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.