INSS antecipa em duas parcelas o 13ª dos aposentados

Em 25 de maio, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) dará início ao pagamento da primeira parcela do 13ª salário para aposentados e pensionistas. O pagamento, que geralmente é feito em julho, foi antecipado este ano por conta da pandemia.

Todos os indivíduos que receberam, ao longo de 2021, aposentadoria, pensão por morte, auxílio-acidente, auxílio-doença ou auxílio-reclusão, têm direito ao pagamento do 13º adiantado. Aposentados e pensionistas, em maioria, receberão metade do valor do benefício na antecipação. A exceção se dá para os segurados que passaram a receber o benefício depois de janeiro e o valor será calculado proporcionalmente.Para aqueles que recebem o auxílio-doença, o pagamento será calculado de acordo com o tempo de duração do benefício. “A decisão de adiantar o pagamento do 13º salário pode beneficiar muitos brasileiros que vêm passando por dificuldades financeiras durante esse primeiro semestre do ano”, comenta Thomas Carlsen, COO e co-fundador da mywork, startup especializada em controle de ponto online e gestão de Departamento Pessoal para pequenas e médias empresas. “Muitas pessoas foram ajudadas com a mesma medida em 2020 e a retomada dessa solução sem dúvida ajudará muitos trabalhadores e aposentados que viram uma redução na renda mensal por conta da crise”, avalia ele.

Para os segurados que recebem até 1 salário mínimo, a parcela antecipada será depositada entre os dias 25 de maio e 8 de junho, conforme o número final do benefício. Já a segunda parcela será paga entre 24 de junho e 7 de julho. No caso de segurados que contam com uma renda mensal superior a 1 salário mínimo terão os pagamentos da primeira parcela depositados entre os dias 1 e 8 de junho. A segunda parcela, por sua vez, será depositada entre 1 e 7 de julho.

[Assessoria]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.