Oito governadores eleitos se aliam a Bolsonaro, e quatro apoiam Lula

Dos 15 vitoriosos nas disputas pelos governos estaduais encerradas no primeiro turno das eleições, que aconteceram no último domingo (2), oito declararam apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PL) ao Palácio do Planalto. Quatro são aliados de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Três dos governadores eleitos ainda não se posicionaram sobre a eleição presidencial.

O atual presidente conquistou manifestações de apoio no Sudeste, enquanto o ex-presidente tem todos os seus aliados no Nordeste.

Um dos eleitos que ainda não se posicionou é Helder Barbalho (MDB), reeleito no Pará. Ele disse à CNN, na última segunda-feira (3), que aguarda o posicionamento do partido para declarar apoio a um candidato à Presidência.

Clécio Luís (Solidariedade), eleito no Amapá, e Wanderlei Barbosa (Republicanos), eleito no Tocantins, também não se pronunciaram sobre eventuais apoios até o fechamento desta reportagem.

Governadores que apoiam Bolsonaro

  • Gladson Cameli (PP) – Acre
  • Ibaneis Rocha (MDB) – Distrito Federal
  • Ronaldo Caiado (União Brasil) – Goiás
  • Mauro Mendes (União Brasil) – Mato Grosso
  • Romeu Zema (Novo) – Minas Gerais
  • Ratinho Jr (PSD) – Paraná
  • Cláudio Castro (PL) – Rio de Janeiro
  • Antonio Denarium (PP) – Roraima

Governadores que apoiam Lula

  • Elmano Freitas (PT) – Ceará
  • Carlos Brandão (PSB) – Maranhão
  • Rafael Fonteles (PT) – Piauí
  • Fátima Bezerra (PT) – Rio Grande do Norte

Governadores que não se posicionaram

  • Clécio Luís (Solidariedade) – Amapá
  • Helder Barbalho (MDB) – Pará
  • Wanderlei Barbosa (Republicanos) – Tocantins

Em 12 estados, a disputa pelo cargo de governador terá segundo turno em 30 de outubro.

 

[CNN]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.