Bolsonaristas fazem atos em apoio ao governo federal e ignoram pandemia

Todas as regiões do país registraram neste sábado (1º), Dia do Trabalho, manifestações em apoio ao governo de Jair Bolsonaro. Os manifestantes também defenderam o fim de medidas de combate à pandemia, como o isolamento social, e o voto impresso.

Nas últimas 24 horas, 2.656 mil pessoas morreram em decorrência da covid-19, segundo o Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, o número de vidas perdidas ultrapassa 406,4 mil.m Brasília, Bolsonaro sobrevoou durante a tarde a Esplanada dos Ministérios onde o ato acontecia. Vídeo que circula nas redes sociais mostra que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, também estava na aeronave.

As manifestações estavam entre os assuntos mais comentados do dia nas redes sociais. Os apoiadores do presidente divulgaram os atos com a hashtag "#EuAutorizoPresidente". Porém, nenhum deles deixa claro nas postagem de que trata a "autorização". Em diversas manifestações semelhantes nas ruas foram registrados atos antidemocráticos, como a defesa do fechamento do Supremo Tribunal Federal e um golpe militar.

Mesmo com a vacinação engatinhando no país e a covid-19 matando milhares diariamente, nos atos foi possível centenas de pessoas sem máscara e desrespeitando o distanciamento social.Os atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro ocorreram na véspera da semana que deve ser marcada pelas primeiras audiências na CPI da Covid. A partir de terça-feira (4), a comissão de investigação ouve todos os ministros da Saúde que passaram pela pasta na pandemia: os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello, e o atual ocupante do cargo, Marcelo Queiroga.

[Congresso em foco]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.