Sipam promove curso de meteorologia para jornalista em Rio Branco

 

    
O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) promove o Curso de Meteorologia para Jornalista na cidade de Rio Branco, no Acre, nos dias 27 e 28 deste mês. O curso acontecerá no auditório da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), no turno matutino ou vespertino. Serão disponibilizadas 30 vagas, distribuídas em duas turmas de 15 profissionais.

O curso tem por objetivo difundir o conhecimento sobre as técnicas utilizadas em previsão de tempo e clima, além de capacitar profissionais de jornalismo para a interpretação das informações meteorológicas de forma a transmiti-las ao público geral de forma clara e precisa, ressalta o meteorologista do Sipam, Luiz Alves, que ministrará o curso.

Atualmente, o Sipam possui 11 radares meteorológicos na Amazônia e realiza a previsão do tempo para mais de 150 municípios na região, além de realizar estudos sobre os eventos extremos e mudanças climáticas.

A Comunicação Social e a Divisão de Meteorologia do Sipam também preparam o curso de meteorologista para jornalistas em Belém e Manaus. A ação consta no Planejamento de Comunicação Social.

As inscrições para o curso em Rio Branco poderão ser feitas através do e-mail cursometeorologia@sipam.gov.br respondendo seguintes perguntas. As inscrições encerram no dia 22.

Instituição:
Nome completo:
CPF/RG
E-mail
Telefone
Cargo/função:
Cidade:
Estado:
Qual é o turno que gostaria de fazer o curso manhã ou tarde
Enviaremos um e-mail confirmando a inscrição.

O curso abordará os seguintes tópicos nos dois dias:

1-O que é Meteorologia;
2-A Meteorologia no Brasil;
3-A Atmosfera;
4-As Estações do Ano;
5-Radiação Solar e Efeito Estufa;
6-Circulação Geral da Atmosfera;
7-Ciclo Hidrológico;
8-Tipos de Chuva;
9-Tipos de Nuvem;
10-O Vento;
11-Os Oceanos e sua Influência no Clima;
12-Mensurando e Observando a Atmosfera;
13-Climatologia do Acre e Sistemas Meteorológicos;
14-Tempo Severo;
15-Entendendo a Previsão do Tempo.

 

Com informações da Assessoria


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.