Nota pública Governo do Estado sobre caso de meningite no Acre

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que uma criança de 9 anos, do sexo masculino, deu entrada no sábado, 26, no Pronto-Socorro de Rio Branco, tendo como hipótese diagnóstica inicial de meningite. A notificação foi registrada pelo Núcleo de Vigilância Hospitalar da unidade.

O líquor (fluido corporal estéril e de aparência clara que ocupa o espaço subaracnóideo no cérebro) do paciente é sugestivo de meningite bacteriana, aguardando o resultado de cultura que será realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre, o Lacen.

Pela gravidade do caso, o paciente foi transferido para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital da Criança.

No sábado, 26, e domingo, 27, já foi realizada a quimioprofilaxia dos contatos domiciliares.

Na segunda-feira, 28, foi feito o contato com a direção da escola para o levantamento dos contatos escolares mais próximos do caso, os quais também receberam a quimioprofilaxia.

O caso está em monitoramento, sendo que a vigilância epidemiológica está sendo realizada pelo município de Rio Branco

 

[Assessoria/ Enfermeira Helena Catão-Responsável pela área técnica das meningites no estado]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.