Audiência Pública na comissão de agricultura da câmara discute projeto de assentamento baixa verde

Na última sexta-feira (26/11), a Comissão de Agricultura e Pecuária da Câmara dos Deputados realizou audiência pública no Projeto de Assentamento P.A Baixa Verde, em Senador Guiomard. A reunião foi  liderada pela Deputada Federal Mara Rocha, autora do requerimento que permitiu a audiência. Nela, mais de 200 assentados puderam manifestar à Comissão de Agricultura, ao INCRA e aos representantes dos aos órgãos ambientais como IBAMA  e ICMBio e ao Ministério Público Federal, a preocupação com invasões na reserva legal e a exploração irregular de madeira.

A reunião foi gravada e todos os depoimentos dos produtores, ata, documentos contendo fotos e vídeos , apresentados pelos assentados, serão encaminhados para a Presidência da Comissão de Agricultura e Pecuária da Câmara Federal. “A nossa intenção é criar um grupo de trabalho para debater  e encontrar solução para os problemas  enfrentados pelos assentados,  devido às invasões nas reservas coletivas.  Já identificamos que esse problema ocorre em quase todos os assentamentos” informou a Deputada.

“Por não ter um responsável direto, os  crimes ambientais nas reservas coletivas ficam impunes, restando injustamente aos  produtores assentados as penalidades pelos crimes praticados por pessoas alheias aos projetos. Quero agradecer a importante presença do Dr Sérgio Bayum , do INCRA, Dr Humberto Aguiar do Ministério Público Federal,  Dra Melissa e Sebastião do IBAMA, Carlos Nasserala, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Rio Branco, Secretário Inácio, da Secretaria Municipal de Agricultura de Rio Branco e o Tenente Randson do  Pelotão Florestal   que muito contribuíram para  essa audiência pública”, finalizou Mara Rocha.

[Assessoria]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.