Campanha Doe Agasalhos, Solidariedade Aquece é lançada no estado

Com a previsão de frio intenso nos próximos dias, o Gabinete da Primeira-Dama e a Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) iniciou nesta quarta-feira, 28, a Campanha Doe Agasalhos, Solidariedade Aquece, para a arrecadação de roupas e cobertores para famílias em situação de vulnerabilidade. Os interessados em participar podem entregar suas doações nos seguintes pontos de coletas: SEASDHM – Avenida Nações Unidas, Nº 2731, Estação Experimental, em Rio Branco e Rua Paraná, 865, 25 de agosto, Ceflora, em Cruzeiro do Sul. Plantão de doações: 68 99929-2576, das 8h às 18h.

Segundo a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, essa ação é a continuidade da atuação do governo desde o início da pandemia, prestando assistência às famílias em situação de vulnerabilidade social. “Queremos possibilitar o mínimo de conforto para a nossa população. Essa assistência está acontecendo desde o início da pandemia, juntos vamos levar mais dignidade às famílias que tanto precisam”, ressaltou. A campanha conta com a mobilização de servidores do Estado e sociedade civil para a arrecadação de agasalhos, cobertores e roupas de inverno, além de buscar atingir um maior público por meio de divulgação da campanha nas redes sociais.

[Agência Brasil]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.