Temendo perder mandato, Flaviano pede para Roberto Duarte sair do MDB

Antonio Muniz

Documento assinado pelo presidente regional do MDB, deputado federal Flaviano melo foi encaminhado na quinta-feira, 25, ao presidente municipal do partido, deputado estadual Roberto Duarte, informando que o parlamentar encontra-se livre para procurar outro partido, uma vez que ele, na visão do dirigente maior, não se enquadra no perfil de liderança que os emedebistas acreanos precisam nesse momento.

Na verdade, com a mudança na legislação eleitoral, sobretudo no que se refere ao fim das coligações proporcionais, os partidos precisam se organizar melhor e se fortalecerem internamente para permanecerem fortes. Flaviano sabe que tanto ele quanto a deputada federal Jéssica Sales, maior liderança do Vale do Juruá, encontrarão muitas dificuldades para se reelegerem e Roberto Duarte seria uma grande ameaça à sua reeleição.

Mas ao que parece, a preocupação de Flaviano em buscar mais um mandato de deputado federal, o quinto consecutivo é tão grande que o faz perder a capacidade de racionar. Claro que a entrada de Duarte na disputa por uma vaga na Câmara Federal representa uma forte ameaça á rebelião de Flaviano. No entanto, sem a presença de Duarte na disputa, o MDB corre sérios riscos de não conseguir quociente eleitoral.

Além de ser presidente municipal do MDB, Roberto Duarte é líder do partido na Assembleia legislativa e jamais agiu com deslealdade partidária e foi candidato à Prefeitura de Rio Branco, em 2022. Ele não venceu a disputa, mas superou a candidato do PT, deputado Daniel Zen. Somente agora que aliados de Roberto Duarte começam a perceber que muitas lideranças do partido não se dedicar à campanha em 2020.

Surpreso, Durte afirma que não vai sair

Roberto Duarte admire ter ficado ficou muito surpreso ao receber a notificação assinada pelo deputado federal Flaviano Melo, presidente da executiva estadual do MDB, o liberando do partido. “Fiquei surpreso com a essa notificação do deputado federal Flaviano Melo, me liberando, caso queira sair do partido. Ocorre que eu nunca disse isso, o que sempre falei é que o MDB é muito grande e deixou de trabalhar para formar chapa para as eleições do ano que vem”, explicou.

Duarte afirmou que não houve qualquer conversa com Flaviano. “Me estranhou, inclusive o tom da notificação. O deputado Flaviano Melo não conversou comigo, não perguntou minha opinião. O deputado não pensa em sair do MDB no momento. “Eu simplesmente não vou sair. Vou aguardar e só saio se perceber que o partido não vai ter chapa para disputar as eleições do ano que vem. Aí, como sou candidato, ou procurar um outro partido”, garantiu.

Flaviano revela que em nome da expressiva trajetória no partido, onde exerceu o cargo de vereador em Rio Branco e deputado estadual, além de candidato a prefeito, o MDB o libera para buscar outro partido antes da ocorrência da janela partidária que se abrirá em março do ano que vem. Fiz ainda que deputado não se encaixa do perfil de liderança que o MDB precisa ter.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.