Em Brasília, representante da Polícia Militar visita Repac para aprimorar ações de interesse da corporação

O representante do governo do Acre em Brasília, Ricardo França, recebeu na manhã desta segunda-feira, 25, o coronel da Polícia Militar do Acre, Michel Negreiros Casagrande, que assumiu em Brasília o cargo de representante do Estado na Secretaria de Operações Integradas das Polícias Militares (SEOPI). Além da visita de cortesia, Negreiros foi incumbido pelo Comandante Geral da PMAC, coronel Paulo César Gomes da Silva de promover a integração entre a Repac e a Polícia do Acre.

Casagrande explicou a França sobre o funcionamento da SEOPI, como sendo um centro de controle e de decisões, dentro do Ministério da Justiça, que desenvolve operações especiais e integradas entre as Polícias Militares do País. “Todas as operações conjuntas entre as PMs são elaboradas e finalizadas pelo Centro em Brasília, e todos os Estados e o Distrito Federal tem seus representantes atuando no colegiado”, disse o coronel. Casagrande convidou o representante do governo do Acre para uma visita à Secretaria para conhecer de perto toda a logística executada nas operações.

O outro motivo da visita do coronel à sede da representação do Acre foi para que, a partir de agora, por orientação do Comandante Geral da PMAC, coronel Paulo César Gomes da Silva, tivesse um estreitamento nos contatos entre os dois representantes. “Sabemos que a Repac é um importante elo entre o Governo do Estado e o Governo Federal e, principalmente, com a bancada de parlamentares do nosso Estado. Nosso comandante quer que os nossos pleitos, projetos e reivindicações em Brasília, tenham o apoio da representação para que não haja pulverização nas ações”, frisou Casagrande.

Orçamento

Ricardo França aproveitou a visita de Casagrande para apresentar o caderno de propostas prioritárias do governo estadual para as emendas individuais e de bancada para o orçamento 2022, elaborado pela Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão, recebendo sugestões e reivindicações de todos os órgãos e setores do governo.

No caderno constam 80 propostas para destinação de emendas, sendo 32 projetos voltados para cidadania e segurança; 19 projetos na área de economia e agronegócio; 3 voltados para gestão institucional e 26 projetos para infraestrutura e desenvolvimento.

França ainda explicou ao coronel Casagrande que, além do que se pode conseguir por meio das emendas parlamentares, muitos programas ministeriais, em diversas áreas poderão contemplar necessidades da Polícia Militar. “Nos colocamos à disposição da Polícia Militar para, juntos, buscarmos viabilizar recursos para as diversas necessidades, dentro das possibilidades, cumprindo nosso papel que servir de elo entre o Estado e Brasília”, Disse Ricardo França.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.