Ministério da Justiça responde pedido do governo do Acre sobre garantia de trafegabilidade na BR-364

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, respondeu o pedido feito pelo governo do Acre para garantir o livre tráfego de veículos e cargas na BR-364, única rodovia federal que liga o estado às demais regiões do país.

Com risco de colapso no abastecimento de combustíveis, gêneros alimentícios de primeira necessidade e até mesmo no fornecimento de água tratada à população, o governador Gladson Cameli solicitou o apoio da Força Nacional para desobstruir pontos interditados em cidades de Rondônia e Mato Grosso.

No despacho, Anderson Torrres esclareceu que agentes da Força Nacional já estão em Rondônia, onde devem permanecer até o próximo dia 7 de dezembro, atuando em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Já em relação ao Mato Grosso, o ministro informou que não há rodovias bloqueadas no estado desde terça-feira, 22.

Para tratar e acompanhar diretamente esta questão, o governo acreano decidiu pela instalação de um gabinete de crise. O grupo ficará responsável pelo monitoramento, discussão e adoção de medidas necessárias em decorrência das interdições em rodovias federais. O decreto de criação foi publicado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, 23, e tem validade de 15 dias.

 

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.