Auxílio Brasil: mais de 1,6 mil famílias do Acre foram incluídas no programa de outubro para novembro

Mais de 132,7 mil famílias vão receber o Auxílio Brasil no estado do Acre em novembro, segundo dados do Ministério da Cidadania.

O calendário de pagamentos teve início na última quinta-feira (17) e segue de forma escalonada, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, até o dia 30. (veja o calendário abaixo).

Diferentemente do que aconteceu em outubro, não houve antecipação no pagamento do benefício neste mês.

De outubro para novembro, mais de 1,6 mil famílias em condição de vulnerabilidade social foram incluídas no programa. Em outubro, 131.106 beneficiários do Acre receberam o auxílio e este mês o número subiu para 132.796.

Segundo os dados do Ministério da Cidadania, somente na capital acreana são 45.074 beneficiários, sendo que em outubro foram 43.971. Na segunda maior cidade do Acre, Cruzeiro do Sul, o número saiu de pouco 13.538 famílias para 13.940 beneficiários.

O investimento total para o pagamento do Auxílio Brasil em novembro é superior a R$ R$ 83,1 milhões. O valor médio do benefício no Acre é de R$ 627,09.

Além do benefício principal, há benefícios complementares pagos de acordo com os perfis das famílias, como o Auxílio Esporte Escolar, a Bolsa de Iniciação Científica Júnior e o Auxílio Inclusão Produtiva Rural.

O adicional de R$ 200 para o Auxílio Brasil, que eleva o valor mínimo do benefício de R$ 400 para R$ 600, será pago até dezembro. Esse acréscimo de valor está dentro da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) chamada Kamikaze, que prevê gastos de R$ 41,2 bilhões em medidas de auxílio à população pobre e a algumas categorias profissionais.

O Auxílio Brasil é destinado a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também podem receber, desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105, e as em situação de pobreza renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210.

Há três possibilidades para recebimento do Auxílio Brasil:

  • Se já tinha o Bolsa Família: Auxílio Brasil será pago automaticamente
  • Se está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva
  • Se não está no CadÚnico: é preciso buscar um Cras para registro, sem garantia de receber

Informações por telefone

  • O beneficiário pode ligar no telefone 121, do Ministério da Cidadania, para saber se tem direito ao Auxílio Brasil e o valor que será pago.
  • Também é possível obter informações sobre o benefício na Central de atendimento da Caixa, pelo telefone 111.

Informações por aplicativos

  • No aplicativo Auxílio Brasil (disponível para download gratuitamente para Android e iOS), é possível fazer o login utilizando a senha do Caixa Tem. Caso não tenha, basta efetuar um cadastro.
  • No aplicativo Caixa Tem poderão ser consultadas informações sobre o benefício, como saldo e pagamento de parcelas.

Vela gás

O vale-gás, que é pago a cada dois meses dentro do calendário do Auxílio Brasil, voltará a ser pago em dezembro.

Atualmente, mais 54,7 mil famílias do Acre recebem R$ 112 do auxílio, que equivale a 100% do valor da média nacional do botijão de gás de cozinha de 13 kg. Esse valor integral, no entanto, será pago somente até dezembro.

Em janeiro de 2023, as famílias voltarão a receber o valor médio de 50% do botijão de gás de 13 kg.

Somente na capital, Rio Branco, são 13.531 beneficiários, com um repasse total de mais de R$ 1,5 milhão. Na segunda maior cidade acreana, Cruzeiro do Sul, 8.064 famílias recebem o auxílio, totalizando mais de R$ 903 mil.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.