Mais de um milhão de doses contra Covid-19 já foram aplicadas no Acre

Mais de um milhão de doses de vacinas contra o coronavírus já foram aplicadas em todo Acre. Este é o saldo positivo do incentivo feito pelo governo do Estado, desde janeiro deste ano. Com leveza e compromisso, a ideia foi conquistando a população e ganhando adesões de importantes parcerias de segmentos públicos e privados, até se chegar a esses números.

Mesmo com essa marca positiva, o governador Gladson Cameli enfatiza não ser hora de relaxar com os protocolos de segurança que impedem a propagação do vírus e, sobretudo, que a população continue se vacinando, seguindo os esquemas de recebimento das doses, para que o Acre saia vencedor contra esse inimigo comum, que ceifou a vida de quase 2 mil acreanos.

“As mais de um milhão de doses aplicadas nos enche de esperança de que estamos no caminho certo, mas, precisamos seguir firmes, num esforço conjunto que diz respeito principalmente a conscientização de que a negação de um, pode causar a morte do outro”, alertou Cameli.
Até agora, um total de 571.518 pessoas no Acre foram vacinadas com a primeira dose, 420.107 com a segunda dose e 3.315 pessoas com a dose de reforço.

A secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, lembrou que logo no início, a campanha de vacinação contra o coronavírus já recebeu importantes parcerias, como do Ministério Público do Acre, Superintendência do Ministério da Saúde, além das prefeituras, que foram importantes aliadas. “Enquanto alguns países queriam ter pelo menos a primeira dose, nós já estamos aplicando a dose de reforço. Solicitamos que a população compareça aos postos, se proteja contra a doença, para que não tenhamos retrocesso nos esforços feitos até aqui e, ao contrário, avancemos cada vez mais”, pontuou a secretária de Saúde.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.