Acre promove 2° Desafio de Maratona Mountain Bike neste domingo

Acontece neste domingo, 25, às 7h, com largada na antiga FAAO, um dos maiores eventos nacionais de longa duração, o Acre Race – 2° Desafio de Maratona Mountain Bike. São 416 atletas do Brasil inteiro e de países vizinhos inscritos. O evento é ranqueado nacionalmente pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), promovido pela Acre Race Eventos Ltda., em parceria com o governo do Acre, por intermédio da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo (Seet).

“Um evento da proporção do Acre Race envolve toda a cadeia do turismo, além de fomentar o esporte. Atrai pessoas do Brasil e de outros países que vão ocupar hotéis, vão precisar comer nos nossos restaurantes, vão circular pela cidade e, com certeza, vão se encantar com nossas belezas”, declara a secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique. O Acre Race está em sua segunda edição oficial, antes ocorria de forma amadora, e o Governo do Estado tem sido parceiro desde a primeira edição oficial. O desafio é um evento esportivo de maratona com mais de 130 km a ser realizado em Rio Branco, abrangendo também Porto Acre e Bujari.

Com terrenos diversos incluindo ladeiras, ramais, trilhas e florestas o Acre Race convida o atleta a superar seus limites pessoais. É uma prova de resistência ultrapassando facilmente cinco horas sobre a bike. O evento conta ainda com a participação do tricampeão brasileiro XCM, Halysson Ferreira. A servidora da Seet, Viviani Maia, que também é ciclista fala da importância de eventos como este no Acre. “O movimento de ciclistas no Estado está numa crescente e este tipo de evento, além de promover o Esporte, promove o turismo e a economia”.Um dos organizadores, Rafael Norberto, reforça que a prova está autorizada pelos órgãos fiscalizadores e reguladores da pandemia, Comitê Covid, Secretária Estadual de Saúde, Vigilância Sanitária e epidemiologia e também pelo Ministério Público.

[Agência de Notícias]

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.