Saúde do Estado ampliará testagem para covid-19 no estado

Desde o início da pandemia, uma das principais estratégias dos países que melhor se saíram na contenção do novo coronavírus foi a testagem da população. É uma forma lógica de combate à disseminação da enfermidade, por contribuir para detectar, o mais rápido possível, mesmo casos assintomáticos, confirmar e descartar suspeitas, fazer com que contaminados se isolem e, ao mesmo tempo, rastrear pessoas com quem tiveram contato.

Com o intuito de conter as novas variantes da covid-19, o governo do Acre receberá na sexta-feira, 25, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre),  25 mil testes enviados pelo Ministério da Saúde, para serem distribuídos nas unidades estaduais de saúde.

O coordenador da Rede de Urgência e Emergência (RUE), Edvan Meneses, explica que a Sesacre tem quantidade suficiente para a distribuição dos testes no Estado do Acre e que esses testes que estão chegando ajudarão a saúde a continuar combatendo a covid-19.

“Estamos recebendo esses testes, mas continuaremos solicitando ao Ministério da Saúde, para que não faltem testes nas unidades e possamos fazer testagem em massa. A nossa recomendação é que a população que tiver sintomas faça a testagem, use máscara e busque se vacinar, para juntos combatermos as novas variantes”, esclarece.

Ampliar o acesso a testes é uma importante ferramenta para aliviar a pressão sobre o sistema público e laboratórios. Hoje, a Sesacre tem 21 mil testes para atender o estado e já foram solicitados mais 25 mil.

“Todas as unidades estão abastecidas. Estamos aguardando que o Ministério da Saúde sinalize para a testagem em massa, mas hoje estamos testando apenas os pacientes que apresentam sintomas de covid”, explica Edvan Meneses.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.