Prefeitura alerta população para manutenção em túmulos dos cemitérios da Capital

Desde o início da gestão, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade (SMCCI), realiza uma limpeza geral em todos os quatro cemitérios da cidade.

Apesar dos atuais ambientes limpos e agradáveis, há muitos túmulos sem manutenção e abandonados. Visando melhorias a Secretaria está chamando as pessoas que têm terras ou túmulos e que estejam precisando fazer reparos, para irem aos cemitérios fazer as reformas nesses locais até o dia 19 de outubro, último dia para fazer esse trabalho.

Segundo a lei 1.809 de julho de 2010, em seu artigo 15 é de responsabilidade do familiar fazer os serviços de limpeza e reparação no que tiverem construído, bem como aqueles necessários para a manutenção da estética, segurança e salubridade dos cemitérios.

O coordenador dos cemitérios, Marcos Souza, adiantou que após 10 anos sem o devido zelo, os proprietários podem perder o direito à terra. “Se não houver sepultamentos e nem manutenção ela tornará devoluto para o município, correndo o risco de as pessoas perderem seus túmulos por falta de manutenção”, afirmou o coordenador

O Secretário Municipal de Cuidados com a Cidade, Joabe Lira. disse que desde o início do ano passado foi investido bastante na limpeza dos quatro cemitérios municipais com limpeza geral, manutenção da parte administrativa, calçamento no estacionamento e que agora irão avançar mais.

“Estamos chamando as pessoas que têm terras no cemitério que tenham sepulturas aqui para que venham fazer a reforma, pois a manutenção dessas sepulturas é de responsabilidade dos donos, e a gente observa que tem várias que estão deterioradas devido ao tempo”, explicou.

O Secretário disse ainda que esse trabalho é uma preparação para o dia dos finados para que não haja grande movimentação na semana que antecede o feriado. “Nós chamaremos com antecedência as pessoas para virem fazer a manutenção dos seus túmulos e assim, possamos deixar um ambiente agradável para visitação”, concluiu Joabe Lira.

 

[Prefeitura de Rio Branco]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.