Carreata mostra nova frota de veículos para segurança pública do Acre

Em forma de carreata, passando por todas as regionais de Rio Branco e ao som de sirenes ligadas, o governador do Acre, Gladson Cameli, anunciou nesta sexta-feira, 22, a chegada de uma nova frota de veículos adquiridos para a segurança pública. No geral, foram 9,7 milhões investidos na compra de 31 caminhonetes e 14 quadriciclos, além de materiais, equipamentos e insumos para reforço das ações policiais em todo o estado e combate à criminalidade.

“Está é a segunda carreata que fazemos em três anos de gestão comemorando a chegada de veículos para as forças de segurança. Na primeira foram 127 novos veículos. É uma forma de prestarmos conta com a população do nosso compromisso. Nunca é demais investir em segurança. Só quem se beneficia é o povo e é para eles que trabalhamos”, disse o governador. A caravana passou pelas principais ruas da cidade, desde a região central à parte alta, Isaura parente, BR-364, da Ufac à UniNorte, também pela Avenida Ceará e Via Chico Mendes, região do segundo distrito da capital acreana. O som provocado pelas dezenas de sirenes despertou a curiosidade das pessoas. Seja no trânsito ou em frente aos comércios, casas e prédios, o público saiu para prestigiar a passagem dos veículos.

Segundo o secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Rocha dos Santos, as caminhonetes irão ser divididas entras as forças de segurança na capital e no interior e os quadriciclos seguirão para o reforço do policiamento em áreas de zona rural e de fronteira. “Nosso objetivo é manter nossas polícias equiparadas para o combate eficiente à criminalidade, devolução da paz e proteção da sociedade”, destacou Paulo Cézar. Ainda segundo o gestor, no geral foram adquiridos 99 veículos, sendo eles, 10 bases móveis, 30 motocicletas e 27 quadriciclos. Esse restante deverá ser entregue até o final deste ano.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.