Acre participa da 300ª reunião da Suframa em Porto Velho

O secretário-adjunto da Receita Estadual da Secretaria de Fazenda, Breno Caetano, e o diretor de Administração Tributária, Clóvis Gomes, representaram o governador Gladson Cameli na 300ª reunião ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS), na manhã desta quinta-feira, 21, em Porto Velho (RO).  A reunião teve como pauta principal a avaliação de projetos industriais, comerciais e de serviços. A expectativa é que gerem mais de 2 mil novos postos de trabalho na Amazônia Ocidental, além de discutidos assuntos técnicos do Conselho de Administração da Suframa (CAS) entre representantes da Suframa dos Estados de Rondônia, Amazonas e Acre.

O conselheiro no CAS do Acre, Breno Caetano, destacou a importância da Superintendência para o desenvolvimento regional do Norte. “É importante este diálogo entre a Suframa e o governo do Estado, para que juntos possam trazer mais benefícios aos empreendedores do Acre e, consequentemente, novos investimentos e incentivos fiscais para a região”, disse o conselheiro. 

A reunião presidida pelo secretário especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, contou com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, do governador do Amazonas, Wilson Lima, do governador de Rondônia, Marcos Rocha, e do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, além da presença de demais representantes de órgãos governamentais, dirigentes de entidades de classe e parlamentares. O superintendente da Suframa destacou que o encontro do CAS é uma oportunidade para que os estados percebam o potencial de investimentos que podem ser atraídos para a região.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.