Acre receberá mais de 130 mil doses de vacinas nesta quarta-feira

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), receberá do Ministério da Saúde (MS) nesta quarta-feira, 21, o maior lote de vacinas já recebido para dar início a maior operação de imunização no estado. Serão 113.490 do imunizante produzido pela farmacêutica Pfizer e mais 17.250 doses da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz.

Da quantidade total de doses contidas no lote, 63 mil serão para áreas de fronteira. A logística de entrega aos municípios, responsáveis pelo cronograma de vacinação é executada com o auxílio das demais instituições do governo do Estado, como Segurança Pública, para que os imunizantes cheguem de forma célere e segura às localidades mais isoladas. “Mais de 60 mil doses virão para os municípios de fronteira para que continuemos com a vacinação e possamos diminuir a faixa etária cada vez mais. Nós distribuiremos para todos os municípios, e iniciaremos também mutirões para que possamos alcançar o quanto antes a menor faixa etária que é permitida hoje pelo Ministério da Saúde, dando cobertura total à nossa população”, destacou a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano.

Ainda, com a chegada desse lote, será possível um grande avanço da imunização. O Estado fará articulação com os municípios para que mutirões sejam realizados com o objetivo de atingir o quanto antes a imunidade de rebanho no Acre.

[Agência de Notícias]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.