Máfia dos precatórios: Polícia Civil faz buscas nas casas do ex-procurador e ex-presidente da OAB

A manhã desta sexta-feira amanheceu agitada na área policial, a Polícia Civil deflagrou uma megaoperação para apurar desvios milionários através da chamada “Máfia dos Precatórios”. Durante a operação os policiais fizeram busca e apreensão em endereços de um advogado e em residenciais de luxo onde moram Erick Venâncio, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Acre, e João Paulo Setti, ex-procurador-geral do Estado.

Essa operação denominada "Máfia dos Precatórios", está relacionada a dívidas pagas pelo governo por ordem judicial. O que está sob apuração é a existência de um esquema que espetaria nos cofres públicos a conta de honorários advocatícios fixados em acordos privados de compra e venda de precatórios. Ao menos R$ 20 milhões podem ter sido desviados dessa forma. Uma coletiva de imprensa está marcada para as 10 horas na sede da Secretaria de Polícia Civil, onde os delegados esponsáveis pelas investigações devem dar mais detalhes sobre a operação.

Mais informações a qualquer momento....


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.