Confusão, protestos e bate-boca durante protesto de mães que perderam filhos por falta de UTI no PS

Em agenda no estado do Acre, na tarde desta segunda-feira, 20, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, participava de uma agenda de entrega de veículos para os Conselhos Tutelares do Estado quando um protesto realizado pelas mães das crianças mortas pela síndrome Respiratória Aguda acabou parando a solenidade e gerando um tulmuto no local.

O evento ocorria na Esplanada do Palácio Rio Branco na presença de autoridades do estado e município. Na oportunidade a ministra conversou com as mães presentes e se comprometeu em levar o pedido da governadora em exercício de uma atenção especial por parte do Governo Federal para a situação.

A desembardadora Waldirene Cordeiro, governadora em exercício, tambem conversou com os familiares presentes e se sensibilizou com a causa. “Estou aqui sensibilizada com a questão e entendo que não há nenhuma palavra que consiga abarcar a dor de vocês, mas o Governo do Estado está fazendo todo o necessário para lidar com essa situação da melhor forma, equipando mais ainda os hospitais e garantindo melhorias à população. A ministra já se comprometeu em levar um pedido de olhar especial do Governo Federal ao presidente. Estamos juntos”, destacou Waldirene.

Veja o vídeo do momento da manifestação: 

Com informções do site Contilnetnotícias....


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.