Prefeita Fernanda Hassem, inaugura nova unidade de saúde em Brasiléia

Como vem priorizando a saúde, a Prefeita Fernanda Hassem entregou na segunda-feira, 17, a mais nova Unidade de Saúde da Família, Simão Mansour Bartha à comunidade do bairro Alberto Castro. 

A Unidade que funcionava antes na Avenida Manoel Marinho Montes, agora irá atender mais de 2500 pessoas dos Bairros Alberto Castro, Eldorado e parte do Bairro José Moreira e Residencial Jatobá.

Um investimento que irá proporcionar um espaço mais apropriado aos servidores e à população que busca os serviços da atenção básica. A Unidade de Saúde foi construída com recursos provenientes de emenda parlamentar em contrapartida com a Prefeitura de Brasiléia.

O Secretário Municipal de Saúde, Francisco Borges, destaca a importância da unidade para a comunidade.

“Essa é a continuação do trabalho da prefeita Fernanda Hassem, não só para oferecer à qualidade de saúde a população, mais também dar um local digno para os funcionários trabalharem em uma unidade de saúde bem centralizada no bairro Alberto Castro”, disse Borges.

A unidade que é modelo padrão de todos os municípios brasileiros fica localizada dentro do bairro obedecendo a lei e garantindo melhor acessibilidade aos munícipes, por se tratar de uma unidade de atenção básica de saúde.

A Prefeita Fernanda Hassem ressaltou a importância da entrega da unidade.

“Um momento importante para a comunidade, estarmos entregando aqui a nova unidade Simão Mansour Bartha, uma unidade de saúde no valor de mais de 400 mil reais, para as pessoas que precisam do atendimento da saúde municipal e estamos trabalhando para que a gente faça a reforma de todas as unidades básicas de saúde do municipio”, Finalizou Fernanda.

Além desta, outras duas Unidades de Saúde serão entregues ainda este ano em Brasiléia.

 

SECOM


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.