Governo do Estado empossa 56 novos professores efetivos

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) realizou na manhã desta segunda-feira, 19, no auditório da sede da pasta, em Rio Branco, a posse de mais de 56 novos professores efetivos. Agora, já são 604 professores contratados de maneira efetiva desde 2019.

A solenidade contou com a presença do governador Gladson Cameli; da titular da SEE, Socorro Neri; do subsecretário Moisés Diniz; do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom; do presidente da Câmara de Rio Branco, N. Lima; da secretária de Planejamento e Gestão em exercício, Kelly Lacerda; e da secretária estadual de Saúde, Paula Mariano; além de diversos outros secretários e autoridades.

Na acolhida aos novos servidores, a SEE também prestigiou os professores contratados de maneira temporária, que já assinaram contratos, estão lotados nas escolas e, inclusive, já participaram de formações iniciais promovidas pela Diretoria de Ensino. Para o governador Gladson Cameli, a contratação dos novos professores é o cumprimento de um planejamento que havia sido feito antes da pandemia. “Também é uma promessa de campanha, porque educação é tudo, diminui os índices da violência e melhora até a questão da saúde, com mais informação”, afirmou.

Durante a solenidade, o governador falou ainda da chegada de 110 mil doses de vacinas ao estado. Segundo ele, o governo federal, o governo estadual e a prefeituras estão fazendo a sua parte, mas a população, em relação à pandemia, precisa se conscientizar. “Com esses professores, chegamos a 604 contratados somente na Educação. Nenhum governo aumentou tanto o quadro de docentes como o nosso. Precisamos de vocês. Não podemos fazer e falar de futuro sem falar em educação”, frisou o governador. A secretária Socorro Neri (SEE), por sua vez, informou que a contratação dos novos professores é a conclusão da primeira etapa de cargos necessários à educação. “Estamos dando posse aos professores e dando acolhida aos temporários. Na sequência, faremos outros editais de convocação”, destacou.

Gratidão

O sentimento que movia os professores efetivos durante a solenidade era gratidão. Adriana da Silva Pessoa, docente de Língua Espanhola, por exemplo, diz que vinha esperando a convocação desde 2019, já que era professora provisória da própria secretaria. “Antes eu trabalhava com contrato provisório; ser contratado como efetivo é algo que todo professor almeja. Estou muito feliz e agradecida a Deus em primeiro lugar, que nos deu a vitória, e ao governador Gladson Cameli, que está nos possibilitando essa convocação”, afirmou. Gratidão também é o sentimento externado pela professora Rosely de Lima Cordeiro, de Artes/Música. “Estou muito agradecida a Deus e ao governador Gladson Cameli por estar convocando todos os aprovados. Acredito que ele ainda irá convocar muita gente”, afirmou.

[Agência de Notícias]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.