Governo avança com obras de saneamento integrado em Marechal Thaumaturgo

O ano de 2018 continua com a mesma intensidade de trabalho nas obras de saneamento integrado de Marechal Thaumaturgo, a exemplo do que foi executado nos últimos doze meses pelo governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa).

Os serviços de saneamento básico, tratamento de esgoto, módulos sanitários, sistema de tratamento e distribuição de água, além da construção da rampa de acesso ao terminal de transbordo, contemplam o cronograma de ações no município.

Uma frente de atuação que ganha destaque em Marechal Thaumaturgo é a pavimentação. Com um ritmo acelerado, os técnicos já concluíram a extensão de sete quilômetros de concretagem nas ruas da cidade.

“Com a determinação e a coragem do governador Tião Viana para levar saúde e melhoria na qualidade de vida à população e aproveitando cada pausa das chuvas no Acre, seguimos para concluir as etapas das obras no decorrer deste ano, depois de alcançarmos a marca de 70% dos serviços efetuados”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

O método utilizado para a execução desses serviços é caracterizado pelo uso das placas de concreto armado pelos engenheiros do Depasa, com o auxílio da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac).

“Marechal Thaumaturgo possui ladeiras de até 72 graus de inclinação e 20 metros de altura, junto de um solo instável, onde construir se torna um grande desafio. Porém, esse tipo de pavimentação está apresentando uma melhor durabilidade para a superfície da região”, relata do diretor-técnico do Depasa, Anderson Mariano.

No entanto, para efetuar a concretagem da pavimentação, outro desafio precisa ser superado. Com o grande quantitativo de materiais e o município possuindo apenas duas vias de acesso - aéreo e fluvial, insumos como cimento, tijolos, brita, ferros e demais maquinários são enviados em grandes balsas, vindas de Manaus (AM), no início do período de cheias dos rios.

“Quando os materiais chegam ao porto de Cruzeiro do Sul, é feita uma etapa de transbordo, que em alguns casos, para facilitar a navegação, seguem balsas menores com destino ao canteiro de obras em Marechal Thaumaturgo”, complementa o gerente do Depasa em Cruzeiro do Sul, Gelmires Lima.

O investimento de R$ 23 milhões, oriundo de uma parceria entre o Estado, o Depasa, a Secretaria de Planejamento (Seplan) e o Banco Mundial - por meio do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser) -, melhora a qualidade de vida para os mais de 17 mil habitantes da cidade.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.