Depasa promove ações contra o desperdício de água em Acrelândia

Nesta semana, o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) promove mais uma etapa de ações educacionais e reparação de danos em redes de distribuição de prédios públicos e residências na cidade de Acrelândia. Os trabalhos compreendem a campanha Nós Contra o Desperdício, que tem o objetivo de promover o uso adequado de água tratada.

Agentes técnicos da autarquia atuam no combate a vazamentos, conserto de adutoras, encanações e hidrômetros, além de oferecer orientações aos consumidores. O período de estiagem já começou e consequentemente o calor está mais forte e isso aumenta a utilização da água, porém, os consumidores devem estar atentos e evitar o desperdício. Por isso, estamos reforçando estas atividades de manutenção, visitando vários bairros e atendendo as demandas da comunidade”, destaca o gerente do Depasa em Acrelândia, Jander Mendonça.

O gestor exemplifica que a situação mais recorrente nessa época é encontrar caixas d’água transbordando no horário do abastecimento. Porém, existem outros casos que demonstram o uso inadequado de água. “Há muitas ligações clandestinas com vazamentos e muitos direcionam a água tratada para poços, o que demonstra a falta de consciência de alguns moradores. Por isso, estamos trabalhando para reverte essa situação. O apoio da comunidade é fundamental”, relata Mendonça.

Os pontos que apresentam alguma forma de desperdício podem ser relatados pelos consumidores por meio do número 99946-5996 ou se dirigindo à sede representação do Depasa, que fica na região central de Acrelândia.

Mais investimentos - O reservatório da Estação de Tratamento de Água (ETA) do município passa pelo aprofundamento de seu leito para aumentar a sua capacidade de armazenar água, que saltará de 2,8 para uma medida superior a 5 metros de profundidade. “A cidade também vai dispor de uma nova adutora. Ela levará água do reservatório até a nova central de tratamento que já está na sua fase conclusiva, a qual aumentará a produtividade de 30 para 45 litros por segundo”, informa do diretor de operações do Depasa, David Bussons.

No total, a gestão do governador Tião Viana tem investido mais de R$ 4 milhões na melhoria de todo o sistema de abastecimento de Acrelândia, por meio da parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).  

 

 

[Assessoria]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.