Imunização em massa: ‘Caravana de Vacinação da Advocacia’ finaliza 1ª etapa em Rio Branco

Imunização em massa: ‘Caravana de Vacinação da Advocacia’ finaliza 1ª etapa em Rio Branco

A proposta de imunização em massa para alcançar uma grande cobertura movimentou diversas cidades acreanas ao longo da última semana. A primeira etapa da “Caravana de Vacinação da Advocacia”, trabalho da Caixa de Assistência dos Advogados do Acre (CAA/AC) em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC), iniciado na última quarta-feira, 14, foi encerrada em Rio Branco neste sábado, 17, com centenas de pessoas atendidas ao longo de toda manhã. Além de combater o vírus H1N1 para proteger a advocacia acreana contra a gripe, a atividade objetiva auxiliar na batalha contra a Covid-19 nos municípios. Fora a capital, profissionais de Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri, Plácido de Castro, Sena Madureira, Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul receberam o imunizante atendidos por uma equipe de saúde especializada no decorrer da semana. Como forma de garantir a proteção de quem atuou no trabalho e dos que se dirigiram até a sede da OAB/AC e os outros locais de vacinação, todas as recomendações para evitar a propagação do coronavírus foram rigorosamente seguidas.

Ao todo, 340 profissionais foram contemplados em Rio Branco e mais 92 no interior, totalizando 432 advogados. A advogada Vanessa Barbosa foi uma das centenas de pessoas que chegaram cedo à OAB/AC para garantir a imunização. “Todas as ações que a CAA/AC faz são maravilhosas e essa não é diferente. Esse trabalho resguarda muito a gente e também temos otimização no tempo. O atendimento foi muito bom e ágil. Está sendo uma coisa excelente, já garanti minha proteção contra a gripe. Todos estão de parabéns”.

Thiago Poersch, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Acre, avaliou todo o trabalho como positivo, já que a presença dos advogados em cada cidade foi grande. “É extremamente gratificante ver que nossos colegas atenderam ao chamado, principalmente neste momento crítico que enfrentamos desde o ano passado. Estendemos a mão à advocacia e cumprimos o papel da Caixa de Assistência que é de prestar o melhor serviço aos nossos pares. Estou feliz de ver como foi aqui e no interior. Ainda temos muitas ações de saúde ao longo deste ano”, afirma. Vice-presidente da OAB/AC, Marina Belandi ressaltou o desafio de organizar e promover uma ação desta magnitude em meio à pandemia. Ela considera que o trabalho é importante por ajudar no fortalecimento do sistema imunológico das pessoas vacinadas. “É um ano atípico em que temos que cuidar mais ainda da saúde. A Caixa de Assistência vem promovendo essa oportunidade para a nossa classe com esse e outros brilhantes trabalhos. Embora seja para combater a gripe, a vacina ajudará as pessoas a terem uma saúde mais forte, evitando consequências graves de outras doenças”.

Assessoria


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.