Pesquisa Travessia: Gladson lidera com 42% das intenções de votos, JV aparece em 2º com 28%

Na última sexta-feira (16) foi divulgada uma pesquisa de intenções de voto para o Governo do Acre feita pelo Instituto Travessia Diagnóstico e encomendada pelo site AC24 horas.

Conforme os números divulgados, o candidato a reeleição e governador do Estado Gladson Cameli se mantém na liderança, com 42% das intenções de votos, seguido pelo candidato do PT Jorge Viana. Em terceiro lugar aparece Mara Rocha com com 8%. Seguida de Sergio Petecão com 5%; Marcio Bittar com 4%; David Hall e Nilson Euclides com 1%, cada.

Brancos e nulos totalizaram 4%, e 7% não souberam responder.

Quando se trata do voto espontâneo – ocasião em que os nomes dos candidatos não são colocados à disposição dos entrevistado , Gladson surgiu com 35%; Jorge com 25%; Mara com 5%; Petecão com 2%; e Bittar com 1%. Outros candidatos marcaram apenas 1%. Brancos e nulos: 8%. Não souberam responder: 21%.

No total foram ouvidos 1200 eleitores entre os dias 13 e 15 de setembro, por telefone. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no TRE com o número AC-05951/2022.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.