Pesquisa mostra Gladson muito bem na fita e Bocalom (que botou pra moer), em queda livre perante a população

Pesquisa Data Control divulgada nesta terça-feira, 14, mostra avaliação da população de Rio Branco com as gestões do governador Gladson Cameli e dos 100 primeiros dias do prefeito Tião Bocalom, ambos do Progressistas.

Nos seus primeiros 100 dias o prefeito Tião Bocalom teve números nada animadores. . Segundo a pesquisa, 23,3% dos entrevistados acham o governo Bocalom ótimo/bom, 13,3% avaliam como regular e 56,4% como ruim/péssimo. Cerca de 7% dos entrevistados não souberam avaliar.

Já o governador Gladson Cameli está bem na fira como diz no acreanêz. Os entrevistados classificaram a gestão de Cameli em ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. Conforme o percentual, 65,8% dos entrevistados acham o governo Cameli ótimo/bom, 16,6% avaliam como regular e 16,6% como ruim/péssimo. 1% não sabem avaliar.

A pesquisa ouviu 602 pessoas, a maioria do sexo feminino, no último dia 12 de abril. O nível de confiança é de 95%, sendo que a amostragem de erro é de 4% para mais, ou para menos.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.