Para um mês de maio, esta será a mais intensa onda de frio polar dos últimos 30 anos

Semana gelada

Como temos anunciado, desde a última terça-feira, uma intensa massa de ar polar – a maior para um mês de maio dos últimos 30 anos – chegará ao Brasil, no início da próxima semana, derrubando brusca e acentuadamente a temperatura em mais da metade do território nacional. Até o sul do Piauí e do Pará, assim, como a capital do Amazonas, sentirão os ventos polares desta onda de frio. Esta massa de ar cruzará a linha do equador terrestre e resfriará até áreas do hemisfério norte.

No Acre, os primeiros ventos polares começarão a soprar a partir da noite do próximo domingo, dia 15 de maio, sendo que, na segunda-feira, dia 16, o dia já começa ameno, porém, o frio mais intenso será a partir de terça-feira. Durante toda a semana, ou seja, pelo menos sete noites consecutivas, as temperaturas deverão ficar abaixo de 17ºC, ao amanhecer, na maior parte do Acre.

Em Rio Branco, Brasileia, Xapuri, Assis Brasil e demais municípios do leste e do sul do Acre, a temperatura mínima, no início do dia, poderá chegar a 10ºC, com sensação inferior, devido aso fortes ventos, com rajadas acima de 40km/h, que estarão soprando da direção sudeste.

Na região do Pantanal de Mato Grosso, os termômetros poderão registrar temperaturas inferiores a 9ºC, inclusive, em Cuiabá. Em Brasília, não será surpresa se as noites ficarem abaixo de 5ºC.

Todo o sul e sudoeste do Amazonas, assim, como todos os municípios de Rondônia, terão temperaturas inferiores a 18ºC, podendo chegar a 10ºC, em várias cidades.

Durante o dia, entretanto, a partir de quarta-feira, o sol vai predominar, porém, sem conseguir aquecer muito. A umidade relativa do ar, no Acre, deverá ficar abaixo de 30%, o que caracterizará estado de atenção para a saúde humana, podendo, até, ser inferior a 20%, em alguns momentos, o que levará ao estado de alerta para a população. Será a semana do “racha-lábio”, quando a pele e os lábios, se não forem adequadamente hidratados, ficarão sensivelmente afetados pela baixa umidade do ar.

Será uma semana com clima típico de deserto: dias ensolarados e noites estreladas e frias.

É bom lembrar que o inverno – a estação mais fria do ano – ainda está longe para começar. Somente a partir do dia 20 de junho, teremos a estação mais fria do ano.

“Campanha do Agasalho” é urgente!

Não será por falta de aviso que não ocorra a “Campanha do Agasalho”, pois, desde a última terça-feira, estamos alertando, diariamente, sobre esta poderosa onda de frio a atingir boa parte do Brasil, inclusive, o Acre, Rondônia e Amazonas.

Assim, é urgente que se faça esta campanha a fim de que os menos favorecidos recebam um pouco do nosso calor.

Portanto, adote uma pessoa para agasalhá-la!

 

[O tempo aqui ]

 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.