Plácido de Castro: ?o segredo para aumentar a receita do Estado e do município está no café?, diz Zé Jodan, vice-governador de Rondônia

O município de Plácido de Castro foi palco de um grande evento de cooperação técnica entre o Acre e Rondônia, com a realização do Dia de campo cafeicultura na colônia Santa Maria, localizada no ramal Boa Esperança, nesta terça-feira, 12.

O agricultor Anésio Rodrigues Alves, acompanhado do prefeito Gedeon Barros recepcionou o vice-governador Major Rocha, o vice-governador de Rondônia Zé Jodan e os secretários de Agricultura do Acre e Rondônia, Paulo Wadt e Evandro Padovani, respectivamente.

Seu Anésio é considerado o ‘rei do café’, por ser o maior produtor do grão na localidade e seu trabalho foi elogiado pelo vice-governador Jodan (RO), “hoje nós estamos cheios de autoridades aqui, mas a autoridade maior é o senhor. E eu quero parabenizar pelo seu esforço e empenho”.

Em seguida o Zé Jodan, que também é empresário do setor cafeeiro, chamou as autoridades presentes ao dia de campo, presentou a todos com uma muda de café e destacou “aqui o segredo para aumentar a receita do Acre”.

Na classificação geral de produção de café no Brasil, Rondônia se encontra na quinta colocação, sendo o maior produtor de café da região norte. A maior produção está concentrada nos municípios de Cacoal, Alta Floresta e São Francisco do Guaporé, mas pode-se encontrar lavouras cafeeiras em todo o estado.

“Valorizem o pequeno produtor rural! Vamos desburocratizar a máquina na área do licenciamento, do crédito, dar melhor assistência técnica”, destacou o secretário de Agricultura de Rondônia Evandro Padovani.

O vice-governador Major Rocha destacou o acordo de cooperação técnica firmado entre Acre e Rondônia, que prevê ações para fortalecer a produção, pecuária, agricultura e piscicultura no Acre, tendo as experiências do estado vizinho como referência.

“O Acre vai voltar a produzir, produzir mais do que já fez, e tenho certeza que esta parceria com Rondônia vai ser fundamental para que nós possamos resgatar esta nossa vocação, que é a produção rural”, informou Rocha.

“Plácido de Castro é fundamental para este momento da Produção no Acre. O que nós estamos passando aqui, serve de laboratório para resolvermos as mesmas situações no interior do Estado”, destacou Paulo Wadt, secretário de Agricultura do Acre.

Alinhado ao discurso dos Estados, o prefeito de Plácido de Castro, Gedeon Barros, destacou às autoridades as características do município, que está em local estratégico – próximo à fronteira e a caminho de Porto Velho, além de possuir o maior espaço aberto para agricultura, sem entraves burocráticos com as leis ambientais.

“Temos homens de coragem, terras férteis e nossa obrigação agora é criar políticas públicas que deem condições para nossos produtores trabalhar, cumprindo a lei”, ressaltou Gedeon.

Este evento contou com a parceria da Prefeitura de Plácido de Castro, Governos do Acre e Rondônia, SEBRAE, EMBRAPA, SENAR e Federação da Agricultura do Acre.

 

 

ASSESSORIA


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.