Instituto Penitenciário realiza atividades em alusão ao Janeiro Branco

Em alusão ao Janeiro Branco, campanha que visa a conscientização da promoção e proteção da saúde mental, o Instituto Penitenciário do Acre (Iapen) realizou nesta quarta-feira, 12, em parceria com o Centro Integrado de Apoio Biopsicossocial (CIAB), da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), uma roda de conversa com o tema:  Quem cuida da mente e das emoções cuida da vida.

A programação foi direcionada aos servidores da instituição e demais forças da Segurança Pública do Estado, e ocorreu na sede administrativa do Iapen. O Janeiro Branco é uma campanha brasileira iniciada em 2014, que busca chamar a atenção para a importância do cuidado da saúde mental. O mês de janeiro foi escolhido porque representa o momento em que a maioria das pessoas está mais focada em resoluções e metas para o ano que se inicia. No evento, foram discutidos pontos de reflexão sobre o autocuidado e divulgadas as redes de atendimento e de apoio disponíveis aos funcionários da instituição.

Pollyana Rodriques, assistente social do Núcleo de Apoio ao Servidor Penitenciário (NASP), destaca que anualmente é realizado um evento que reúne servidores para um momento de meditação acerca do tema e, também, para anunciar os serviços oferecidos pelo centro, de maneira que o servidor seja bem acolhido e desempenhe ainda melhor sua funções. “Nós estamos fazendo uma roda de conversa pra que a gente comece o ano, já pensando nesse autocuidado, no que podemos fazer em prol da nossa saúde mental, do nosso bem estar, para que possamos realizar o nosso trabalho com destreza, e um ambiente melhor”, afirma.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, ressaltou que as atividades realizadas são de suma importância e visam zelar e fortalecer os servidores, e que estas demonstram a preocupação do governo do Estado em cuidar de pessoas. “Parabenizo a equipe do Nasp, do Iapen e o governo do Estado por proporcionar condições para que possamos cuidar melhor dos servidores penitenciários do estado do Acre”, pontuou.

Presos também participam de programação sobre a temática

Cerca de 25 presos da ala de saúde mental do complexo prisional de Rio Branco participaram de uma sessão de cinema na própria unidade, em alusão ao mês de conscientização à saúde mental. A unidade prisional conta atualmente com um psicólogo e dois psiquiatras. Esses profissionais promovem atividades em grupos, como o cinema, palestras e atendimentos individuais.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.