Bocalom entrega de 550 toneladas de calcário para a produção rural em Rio Branco

O prefeito Tião Bocalom esteve presente na manhã desta sexta-feira (12), na entrega de 550 toneladas de calcário para a produção rural no município. O total previsto é de 3 mil toneladas do produto. O calcário é uma ferramenta essencial à produção agrícola e aumento da produtividade.

Durante a entrega, o prefeito, acompanhado do secretário municipal de Agropecuária (Seagro), Eracides Caetano, expressou sua imensa felicidade em estar realizando esse sonho, que carrega desde que era prefeito de Acrelândia.

“É a realização de um sonho que trago há muito tempo para o Acre… As máquinas já estão trabalhando e gradeando, em seguida entra com o calcário. Por esses dias já começaremos a colocá-lo nas propriedades, até porque tem a análise de solo que está saindo… No final de novembro é a hora de plantar, com a terra toda calcareada, plantamos as sementes com adubo”, explicou.

Além da entrega do calcário, a prefeitura adquiriu, também, grandes tubos de PVC, que serão utilizados na melhoria dos ramais da capital acreana. O gestor reforçou ainda que a prefeitura economizou recursos para poder investir, também, em ações que gerem melhorias ao homem do campo. No total serão investidos R$ 30 milhões em agricultura familiar.

O secretário de Agricultura, Eracides Cateano, explicou quando vai começar a distribuição desse calcário e quantas famílias rurais serão contempladas.

“Esse ano já vamos começar a implantar esse projeto… Ele foi pensado para 2.300 famílias durante os quatro anos de gestão do Bocalom”, disse.

O responsável técnico pelo projeto, Eng. Agrônomo Manoel Matias, se emocionou ao falar em como ele esperou por um gestor que visualizasse a importância da implantação do projeto.

“É uma coisa muito grande, e eu fico muito emocionado quando penso, porque é um negócio que nunca se pensou em fazer aqui, principalmente no âmbito municipal”, finalizou.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.