Drive-thru no Arena Acreana reforça vacinação contra a Covid-19 em Rio Branco

Criado para garantir agilidade, acelerar a vacinação contra a Covid-19 e proporcionar maior conforto ao público prioritário, conforme a etapa da campanha, o primeiro drive-thru montado pelo governo do Acre segue sendo um importante aliado no trabalho de imunização contra a Covid-19, em Rio Branco. 

O local de vacinação foi escolhido pelo professor universitário Arthur Braga, de 27 anos, que recebeu a primeira dose do imunizante na manhã desta quinta-feira, 10. Bastante emocionado, falou da importância da vacina e da esperança pelo fim da pandemia. “Sentimento de gratidão a Deus, aos nossos governantes, principalmente estadual, que se empenhou muito na aquisição dessas vacinas. Meu desejo, recebendo hoje a primeira dose do imunizante, é que essa vacina chegue logo para todos e que a população também faça a sua parte, que é se imunizar. Infelizmente, vejo muitas pessoas falando mal de governo, mas são essas mesmas pessoas que sequer fazem sua parte, adotando as medidas sanitárias ou indo se vacinar”, observa.

Em meio à rotatividade do drive-thru, muitos são os que se emocionam e vão às lagrimas ao receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Aos 31 anos de idade, a assistente de creche Nayara Jardim disse que o sentimento era uma mistura de sonho realizado e tristeza, por saber que nem todos tiveram a mesma sorte na espera pela imunização contra a doença. “Foi um momento muito esperado, sonhado e desejado. Sou grata pela oportunidade e pela esperança que renasce, de dias melhores. Estou aqui com o pensamento em todos da minha família, desejando que sejam imunizados também. Chega de dor, de mortes e de hospitais lotados. Choro de felicidade, mas também de tristeza, ao me lembrar de tantas vidas que se perderam, esperando o que agora estou a dois passos de concretizar”, relata, emocionada.

Com uma média de 200 a 250 atendimentos diários, o ponto de vacinação montado no estádio de futebol Arena Acreana, com o apoio da equipe do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Estado e a parceria com a Prefeitura de Rio Branco, está aberto de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Estão elegíveis nesta etapa professores e trabalhadores de todos os ciclos da educação estadual, municipal, privada ou federal, que também podem procurar as outras unidades do município que estão aplicando a dose do imunizante.

Mesmo não sendo de competência estadual a execução do serviço, o governo do Estado já vem realizando a Caravana da Vacinação, com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal, não somente contra a Covid-19, mas também incluindo outras vacinas disponíveis no calendário de vacinação do Ministério da Saúde.

“Estamos realizando esse trabalho nos municípios mais isolados e com baixa cobertura vacinal, pois sabemos que os imunizantes são de suma importância para garantir a proteção e a redução de agravos de outras doenças, e consequentemente para evitar uma superlotação na rede de saúde”, acrescenta a chefe do Setor de Imunização da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Renata Quiles.

 

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.