Primeiras cirurgias são realizadas no Hospital Wildy Viana

O Hospital Regional do Alto Acre Wildy Viana, em Brasileia (223 km e Rio Branco), realizou neste fim de semana o primeiro procedimento cirúrgico e o primeiro parto cesária na ala cirúrgica recentemente inaugurada na unidade.

A cirurgia foi realizada na última sexta-feira, 5, em um paciente que passou por um procedimento ortopédico para drenagem de um abscesso no joelho.

Construído para atender não apenas pacientes de urgência e emergência, o centro cirúrgico dispõe de equipamentos e espaço adequados para procedimentos como partos cirúrgicos, como o que foi registrado na madrugada de sábado, 6.

Grávida do segundo filho, a paciente Alessandra Barroso, 37 anos, deslocou-se de Xapuri, onde reside com a família, para ter bebê no Hospital Regional do Alto Acre. O parto cesariano foi necessário em decorrência de uma macrossomia fetal, quando a criança é considerada grande demais para ser submetida ao parto normal com segurança.

“Com uma melhor estrutura física, podemos oferecer um melhor acolhimento aos pacientes, tanto nos serviços de ambulatórios e exames, assim como nos procedimentos cirúrgicos e isso o hospital regional dispõe e nos proporciona uma alegria imensa de estarmos atendendo nossa população com mais qualidade”, destaca a diretora-geral do hospital, Maria Alice Batista.

Ela acrescenta que a entrega do novo hospital garante a melhoria na prestação de serviço à população e melhor condições de trabalhos aos servidores.

“Os servidores estão muito satisfeitos com a estrutura do hospital, com espaço mais adequado, mais acolhedor, e a população vem reconhecendo a importância dessa obra e a qualidade do serviço prestado”, destaca a diretora.

Estrutura

Com um investimento de quase R$ 81 milhões, o governo do Estado entregou na primeira fase do Hospital Regional do Alto Acre o ambulatório, urgência e emergência, recepções, laboratório, consultórios, ala de medicação, repouso e observação, além de outras áreas de suporte técnico. Já na segunda etapa foram entregues 10 leitos de observação, duas enfermarias, divididas entre 22 leitos infantis e outros 22 leitos adultos, cinco Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Salas para exames de rádio imagem e toda a área de obstetrícia.

Contando com uma área construída de 12 mil metros quadrados, após a finalização da obra, que está prevista até o mês de dezembro, serão 91 leitos para atendimento emergencial e internações.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.