Acre recebe 48.250 mil doses de Astrazeneca e vai iniciar maior operação de vacinação contra a Covid-19 no estado

Um novo lote de vacinas contra a Covid-19 chegou ao Acre nesta quarta-feira, 9, para ampliar à imunização dos grupos prioritários e iniciar a maior operação de vacinação desde o início da campanha, incluindo a população geral, de 18 a 59 anos, com decréscimo de faixa etária, já a partir da próxima semana. O Acre é o único estado que segue à risca o cronograma do Ministério da Saúde, cujo controle de armazenamento e distribuição é feito de forma a não faltar o imunizante para a segunda dose. “Com as duas últimas remessas que recebemos, juntando os dois laboratórios, totalizaremos em 57 mil doses para iniciar a vacinação da população geral, por faixa etária, começando com o público de 55 a 59 anos e, posteriormente, decrescendo por grupo etário, de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos e assim sucessivamente, enquanto tivermos disponibilidade de doses”, destaca a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no Acre, Renata Quiles.

A nova remessa, com 48.250 doses do imunizante Oxford/Astrazeneca chegou em um voo comercial no Aeroporto Internacional de Rio Branco, por volta das 14 horas. O lote foi recebido pelo secretário de Saúde, Alysson Bestene, que estava acompanhado do secretário de Comunicação do Estado, Rutembergue Crispim.

“O Ministério da Saúde mais uma vez cumprindo a etapa da entrega de vacinas, agora com um quantitativo importante na sequência do Plano Nacional de Imunização e também liberando essas doses para a população de modo geral. A gente fica muito feliz com essa nova fase de vacinação e, consequentemente, uma promessa do governador Gladson Cameli para que a gente avance cada vez mais, imunizando em massa a nossa população e prevenindo da Covid-19. Destacando que esse é um trabalho conjunto entre a Secretaria Estadual de Saúde, Ministério da Saúde e as secretarias municipais”, ressalta Alysson Bestene.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.