CoronaVac é eficaz contra variante brasileira do coronavírus

A vacina CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan e pela chinesa Sinovac, se mostrou 50% eficaz contra variante P1 do coronavírus, que surgiu em Manaus e já se espalhou por vários estados brasileiros. A confirmação é de um estudo com 67.718 trabalhadores da saúde de Manaus, que receberam a primeira dose do imunizante. A efetividade em prevenir o adoecimento foi confirmada 14 dias após a aplicação da primeira dose. Ainda não se sabe a efetividade após a segunda aplicação, o que será analisado nos próximos dias.

A análise foi feita pelo Grupo Vebra Covid-19, que reúne pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, secretarias estaduais de Saúde do Amazonas e de São Paulo e as secretarias municipais de Saúde de Manaus e São Paulo, apoiado pela Organização Pan-Americana de Saúde. A CoronaVac é um imunizante de vírus inativo, ou seja, ela possui todas as partes do vírus, o que pode gerar uma resposta imune mais abrange em relação às outras vacinas, que utilizam somente a proteína Spike (proteína usada pelo coronavírus para infectar as células). [Fonte: Brasil 61]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.