Governo envia equipamentos para montagem de mais UTIs no Juruá

Agência de Notícias

Para dar suporte ao Hospital Regional do Juruá, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), acaba de enviar mais 5 respiradores e equipamentos para a montagem de novas UTIs no hospital.

Ao ter conhecimento da lotação de capacidade máxima das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) na regional do Juruá, o Estado montou uma força-tarefa para levar os equipamentos de forma célere para atender a demanda.

Neste domingo, 7, as 20 UTIs do Hospital Regional do Juruá encontram-se ocupadas. De acordo com a Direção Clínica do hospital, apenas uma paciente aguardava vaga, mas já foi intubada e remanejada para uma UTI.

Segundo a diretora administrativa da Sesacre, Muana Araújo, a previsão de chegada dos equipamentos em Cruzeiro do Sul é às 13 horas. “Os materiais são suficientes para a abertura de até 5 UTIs, dependendo da demanda da unidade”, ressalta.

Conforme informado pelo diretor clínico do Hospital do Juruá, Marlon Holanda, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau), que é a responsável pelo gerenciamento do hospital, está levantando a possibilidade de  contratação de mais profissionais, e enquanto não ocorre, realiza remanejamentos para que não haja prejuízos nos atendimentos.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.