Internauta inicia campanha para ajudar índios que tiveram aldeia destruída no Jordão

Por Wanglézio Braga

Uma aldeia indígena no município do Jordão, interior do Acre e fronteira com o Peru, pegou fogo no início da semana e lideranças indígenas recorrem às redes sociais para pedir ajuda. Uma postagem feita por Vi Kadiwéu Guarani-Kaiowá Munduruku realizada na última segunda-feira (06) pede ajuda dos internautas com roupas e alimentos, além de matérias para construção e medicamentos.

“A aldeia Sámauma rosa branca, aldeia do Ibã Hunikuin, terra indígena seringal independência auto Rio Tarauacá município de Jordão, Acre, Brasil. A aldeia pegou fogo! Estão com necessidade urgente de alimentos, roupas, higiene, saúde, materiais de construção. Por favor, contribua como for possível!”, diz a publicação.

A mesma postagem coloca à disposição para quem deseja ajudar um número de uma conta bancária, agência, CPF e número de telefone. A publicação foi traduzia para o inglês.

A localidade tem sido notícia nacional por conta da existência de índios arredios e disputas entre madeireiros dos dois países. A aldeia Rosa Branca abriga em torno de 200 índios da etnia Huni Kuin e sua reserva tem extensão equivale há um pouco mais de 2% do município.

A situação exige das autoridades em defesa dos direitos indígenas uma investigação assertiva se foi mais uma manobra de latifundiários ou fenômenos da natureza. Órgãos do Governo Federal já estão cientes e devem enviar agentes para o local. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.