Governo celebra Semana dos Direitos Humanos

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres (SEASDHM), esteve, na manhã desta segunda-feira, 5, em clima de celebração com a abertura da Semana dos Direitos Humanos.

O momento foi oportuno para enaltecer o empenho de organizações da sociedade civil que se voltam para a garantia de direitos da população, parabenizando grandes parceiros com certificados de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados na defesa e na promoção dos direitos humanos no estado.

A Semana de Direitos Humanos é celebrada em alusão ao 10 de dezembro, quando é comemorado o Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos, uma data significativa para a história da humanidade e para o modo como as sociedades são constituídas na contemporaneidade. O documento conta com 30 artigos que garantem a todos os seres humanos o direito à liberdade, à vida, à segurança e à dignidade.

Ana Paula Lima, titular da SEASDHM, parabenizou o empenho dos técnicos à frente das pautas de direitos humanos, falou sobre o respeito mútuo na sociedade e pontuou: “A nossa gestão reconhece o papel exemplar das organizações da sociedade civil e das suas necessidades e nos dispomos sempre a apoiá-las, para alcançarmos avanços”. 

Germano Marinho, secretário da Associação dos Homossexuais do Acre (Ahac), aproveitou o momento e parabenizou os defensores das políticas afirmativas de direitos humanos e a valorização promovida no evento estadual. 

A Federação do Povo Huni Kui do Estado do Acre (Fephac), por meio de Ninawa Huni Kui, enfatizou a importância da participação da sociedade civil em alcançar comunidades mais distantes, colaborando com o Estado.

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.