Profissionais de UPAs e Pronto-Socorro de Rio Branco participam de curso sobre suporte básico de vida em São Paulo

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), em parceria com o Ministério da Saúde (MS), promoveu no último sábado, 5, o curso Suporte Básico de Vida para Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. Participaram 20 técnicos de enfermagem das unidades de pronto atendimento (UPAs) e Pronto-Socorro de Rio Branco.

O treinamento tem por objetivo a capacitação de técnicos e auxiliares de enfermagem vinculados à rede hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS), em situações de emergência pré e intra-hospitalares, que demandem suporte básico de vida.

Segundo o coordenador da Rede de Urgência e Emergência do Acre (RUE), Edvan Meneses, a metodologia abordada foi a utilização de um programa de desenvolvimento profissional baseado em videoaulas e o treinamento em cenários de simulação realística.

“Os profissionais serão treinados para reconhecer situações potencialmente fatais, realizar ressuscitação cardiopulmonar e utilizar um desfibrilador externo automático, entre outras situações críticas. O curso busca oferecer o treinamento de BLS [Suporte Básico de Vida], com base nas diretrizes da American Heart Association, proporcionando cenários clínicos em simulação realística”, explicou.

De acordo com a programação, os profissionais participaram em dois momentos, o primeiro de forma online, por meio de acesso individual à plataforma Moodle, em que aluno e professor não precisavam estar conectados ao mesmo tempo. A segunda parte, de forma presencial, em que foram realizadas as atividades práticas.

 

[Agência de Noticias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.