Polícia Civil está emitindo novo modelo de carteira de identidade na Expoacre

Um dos serviços ofertados pela Polícia Civil na Expoacre é a emissão do novo modelo da carteira de identidade nacional. Das 18 às 22h, no Parque de Exposições, em Rio Branco, os atendimentos são realizados no ônibus itinerante do Instituto de Identificação.

A nova carteira de identidade adotará o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como registro geral, abandonando o antigo número do RG. O modelo será único e válido para todo o país.

“Uma benção! Vêm todos os documentos num só. A minha já estava bem desgastada, e estou aproveitando para fazer a nova”, destaca Catiusa do Nascimento.

A nova versão servirá também de documento de viagem, devido à inclusão de um código de padrão internacional chamado MRZ, o mesmo usado em passaportes.

Elano de Souza vai fazer uma viagem internacional e precisa atualizar o documento: “Minha identidade estava vencida. A ideia de ter um documento com os outros todos inseridos é muito boa”.

O registro geral contará com três tipos de documento, em cartão de policarbonato (plástico), além da cédula do formato digital, e em papel-moeda. O Acre é o segundo estado do país a emitir o documento.

“A diferença deste novo modelo é que apresenta um número único em todo o Brasil, que é o número do CPF”, explica o delegado-geral da Polícia Civil, José Henrique Maciel.

São distribuídas 20 senhas por dia para atendimento do órgão na Expoacre. As novas carteiras também estão sendo feitas na OCA, por meio de agendamento pelos telefones 3215-2417, 3215-2451 ou 3215-2449.

No momento, somente pessoas com RG antigo e com data de expedição entre 01/01/1920 e 31/12/1990 estão isentas da taxa de emissão da primeira via do documento.

Os documentos necessários para a atualização são: certidão de nascimento original, de casamento original (se for casado) e CPF.

As pessoas que emitiram o RG recentemente podem permanecer com suas identificações, pois as identidades civis atuais têm validade de dez anos.

 

 

[Agência de Notícias do Acre]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.