Jordão e Marechal Thaumaturgo recebem do governo kits para coleta de lixo

A limpeza urbana, o condicionamento correto do lixo estão diretamente ligados ao desenvolvimento humano com qualidade de vida, assegurando que a população tenha saúde e bem estar. Reconhecendo isso, o governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), fez nesta quarta-feira, 4, entregas de caminhões de coletas de lixo, caixas coletoras, containers.

“As prefeituras têm boa vontade, mas não têm condições. Por isso, o governo e o Depasa, estão entregando esses kits e caminhões para que, tendo esses instrumentos, as prefeituras consigam mobilizar as cidades para acondicionar melhor o lixo e, garantir uma situação melhor para todos”, destaca Edvaldo Magalhães, diretor-presidente do Depasa.

Magalhães ressalta que além dos kits de coleta de lixo, os dois municípios também estão recebendo do governo do Acre investimentos em pavimentação, ampliações de abastecimento de água e em aterros sanitários que terão no futuro.

“Assim, as cidades de transformam e melhoram radicalmente suas condições de vida e saúde, vivendo nas cabeceiras dos rios”, afirmou o diretor-presidente.

Edvaldo Magalhães lembra que antes da entrega dos caminhões específicos de coleta, os municípios realizavam o recolhimento do lixo em caminhões caçambas abertos. “São investimentos de R$ 284 mil. Só o caminhão custa R$ 253 mil”, revelou Magalhães.

Os recursos para os investimentos são provenientes do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (PROSER), do governo do Acre, em parceria com o Banco Mundial.

Parceria pela qualidade de vida

Elson Farias, prefeito de Jordão, observou que o ato de entrega dos kits e caminhão reuniu o que ele mais preza e que considera fundamental para construir um bom futuro, as crianças. “É preciso pensar na cidade que vamos deixar para os nossos filhos. Temos que ensiná-los desde pequenos a ter cuidado com o lugar que vivemos, mantendo-o limpo e preservado”, comentou Farias.

O gestor agradeceu o apoio do governo do Estado frisando que sem a parceria com a gestão estadual, não seria possível levar desenvolvimento para a cidade. “Quando se tem um governo que olha para as cidades e não apenas para o leitorado, são feitas ações como essa que estamos realizando no Jordão. Estamos trazendo para o Jordão coisas que outros lugares do Brasil não têm”, avaliou o prefeito.

O deputado estadual Jenilson Leite completou: “Esse momento tem repercussão nos próximos anos na vida do povo da cidade e das localidades que vivem rio abaixo. O que está sendo feito no Jordão, além de trazer qualidade de vida para população, também tem olhar especial para as comunidades que moram nos rios. Sem investimentos como esse, estaríamos comprometendo a sobrevivência do povo por poluir nossos rios com lixo”, enfatiza o parlamentar.

Valdelio Furtado, prefeito em exercício de Marechal Thaumaturgo, destacou que a partir de agora, a gestão municipal terá melhores condições de trabalhar a conscientização da população. “Só temos a agradecer ao governador Tião Viana e ao presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães”, concluiu o prefeito.

A estudante Ana Laura Lima da Silva, 15 anos, participava do ato em Marechal Thaumaturgo. Ela recordou que sua cidade não dispõe de containers para coleta de lixo. “Aqui tudo era improvisado com madeira. Então, ver nossa cidade receber esse kit é muito bom, principalmente esses para coleta seletiva que será possível fazer reciclagem, respeitando o meio ambiente”, finaliza a jovem.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.