Ações da campanha “Nós Contra o Desperdício” são promovidas em Acrelândia

Como forma de orientar o uso adequado da água, técnicos do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) seguem com as ações da campanha Nós Contra o Desperdício em Acrelândia.

No início de setembro, período crítico da estiagem, o açude que abastece o município apresentou uma redução drástica em seu volume de água. Atualmente o reservatório se mantém estável, em decorrência das últimas chuvas na região.

“Naquele cenário de seca, o consumo deste recurso natural exigiu atenção especial de toda a população. Nesse sentido, intensificamos as orientações educativas, além dos reparos nas tubulações, contenção de vazamentos e serviços de instalação ou substituição de hidrômetros”, relata o gerente do Depasa em Acrelândia, Jander Mendonça.

O gestor informa que muitos casos de desperdício estão sendo detectados, como por exemplo, o direcionamento da rede para poços domiciliares, ligações clandestinas e caixas d’água transbordando no horário do abastecimento.

“O consumidor é um parceiro nesse trabalho, e muitos estão contribuindo com informações sobre os pontos que apresentam algum problema, por meio do número 99946-5996 ou se dirigindo à sede representação da autarquia, que fica no centro da cidade”, destaca Mendonça.

José: " Do mesmo jeito que a minha família precisa ter água, a do vizinho também necessita" (Foto: André Araújo)

José: “Do mesmo jeito que a minha família precisa ter água, a do vizinho também necessita” (Foto: André Araújo)

O vigilante José Ribeiro comenta que orienta todos os familiares para economizar água. “Na minha casa,  evitamos que as caixas fiquem derramando, pois do mesmo jeito que a minha família precisa ter água, a do vizinho também necessita”, disse.

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.