Presidente da Câmara critica prefeitura por editar cartilha dos buracos

Presidente da Câmara critica prefeitura por editar cartilha dos buracos

 

Antonio Muniz

Presidente da Câmara, vereador Nogueira Lima (PP) faz duras críticas à Prefeitura por editar “Cartilha”, ensinando os condutores de veículos a trafegarem nas ruas esburacadas de Rio Branco. Ele não acredita que uma ideia dessa tenha partido do prefeito Tião Bocalom, seu colega de partido e tampouco do diretor da RBTrans, ex-vereador João Marcos Luz (MDB). “Tenho certeza que isso não saiu da cabeça do prefeito ou do ex-vereador João Marcos que está lá na RBtrans. Acho que o prefeito tem que ter cuidado com esses assessores que tomam as decisões por eles mesmo e aí chega nessa situação”, afirmou o vereador. O parlamentar sugeriu que o prefeito Tião Bocalom reúna sua equipe para tratar dos recentes imbróglios e afirmou que alguns setores da administração causam problemas para a gestão.

“Eu acho que alguns setores da sua administração têm causado esse problema todo em sua administração. Então, eu acho que a vossa excelência o prefeito tem que chamar a sua administração e se reunir no final de semana e chamar todos a responsabilidade. Nem na época do PT, que ficou três vezes mais com ruas esburacadas, quando o galo da madrugada (Marcus Alexandre) passou para Socorro Neri, eles não fizeram uma cartilha ensinando o povo a desviar das ruas esburacadas”, afirmou

DIFERENÇAS PESSOAIS

O vereador lamenta as diferenças pessoais, expostas na mídia, entre o governador Gladson Cameli (PP) e o vice-governador Wherles Rocha (PSL). Colega de partido do governador e colega de farda do vice, o vereador encontra-se em uma verdadeira sinuca de bico. Segundo ele, as divergências entre os dois pode resultar em prejuízo ao Acre e ao povo acreano.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.