Estado recebe medicamentos para tratar complicações Covid

Na última quinta-feira, 25, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) recebeu 55 tipos medicamentos, incluindo alguns utilizados no tratamento de complicações causadas pela Covid-19, como antibióticos, antitérmicos e anti-inflamatórios. Além disso, foram recebidos remédios para doenças crônicas acompanhadas pela Atenção Básica, como diabetes, asma e hipertensão, e sais para reidratação oral e venosa. As entregas devem ser concluídas até o fim do mês de março. Serão beneficiados 15 municípios, entre os 22 no estado, incluindo a capital, Rio Branco e também a Sesacre. “A entrega faz parte de uma cooperação que vai comprar outros medicamentos da Atenção Básica, da rede hospitalar, inclusive para tratamento de câncer, e contribuir para a gestão dos processos de compras da secretaria e também em apoio aos municípios do Acre”, afirma o secretário de Saúde Alysson Bestene. 

Totalizando mais de 4,6 milhões de reais, a compra foi feita pelo Unops, organismo das Nações Unidas especializado em compras, que apoia a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) na aquisição de medicamentos cujo abastecimento foi impactado pela pandemia. Os estoques adquiridos atenderão a demanda da população dos municípios priorizados durante o período de seis meses a um ano, a depender do tipo de medicamento. Atualmente, o Acre vive um surto de dengue, casos de Covid-19 em alta e enchentes que já afetaram mais de 130 mil pessoas. A gravidade da situação fez o governo do Acre decretar estado de calamidade pública em dez municípios do estado. “Passamos por uma situação bastante delicada em nosso Estado e a entrega desses medicamentos irá contribuir de forma significativa para garantir a assistência devida à população”, avaliou o secretário Alysson Bestene. [Agencia de Notícias]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.