Ajuda do MP chega a idosa que comoveu sociedade em vídeo pescando em lago

 

Moradora do Loteamento Vila Maria, na capital, a senhora Luzia Gomes, 65, recebeu nesta segunda-feira (1º) mantimentos, produtos de higiene pessoal, roupas e colchão da ação solidária “SOS Acre”, coordenada pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC). Ela chamou atenção, em vídeo divulgado pelo projeto “Amigos Solidários”, de iniciativa do policial militar Derineudo Souza, quando pescava em lago nas imediações do campus da Universidade Federal do Acre (Ufac), por ter perdido os bens durante a enchente do Igarapé São Francisco e não ter mais como prover as necessidades básicas. A idosa divide o lar com o esposo José Batista e ambos vivem de benefícios sociais voltados à população mais vulnerável. Tanto ele como ela sofrem com problemas de locomoção, o que os impediu de sair de casa durante a cheia, convivendo com a água, que destruiu colchão, sofá, armários, além dos alimentos armazenados e roupas.  Habitando em casa de madeira precária, comprometida ainda mais pela enchente, sem água encanada e banheiro improvisado, o drama da idosa tem comovido os internautas, que criaram vaquinha virtual para ajudar a construir uma casa digna e garantir as refeições diárias, já que a renda mensal do casal é quase toda consumida em remédios.  Além de Luzia Gomes, outras pessoas necessitadas do Loteamento Vila Maria receberam ajuda da ação “SOS Acre”. Toda a região foi atingida pelo transbordamento do Igarapé São Francisco. A campanha “SOS Acre” é uma mobilização do MP acreano para socorrer vítimas das enchentes em todo o estado. Já foi arrecadado mais de meio milhão de reais em doações, entre cestas básicas, quites de limpeza, de bebê e de higiene, colchões e água mineral. [Agência de Notícias do MPAC]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.