Grupo de imigrantes protestam na frente da prefeitura de Assis Brasil e pedem mais apoio do Brasil

Por Wanglézio Braga / Foto: Alexandre Lima

Dezenas de imigrantes que estão em Assis Brasil realizaram um protesto na manhã de hoje (01) em frente à sede da Prefeitura da cidade. Eles, que são de grande maioria de nacionalidade haitiana, querem a abertura da fronteira entre Brasil e Peru para seguir viagem até outros países como Canadá, Estados Unidos e México. Com cartazes em mãos e proferindo palavras de ordem, os manifestantes pedem ajuda do governo brasileiro para resolver o impasse.

Nos últimos dias, o governo peruano decretou a extensão do prazo para o fechamento total de suas fronteiras com os países vizinhos. A pandemia do novo coronavírus forçou o país a fechar os acessos. Ninguém entra e saí do país.

Recentemente a ponte da Integração, localizada entre Iñapari e Assis Brasil, foi palco para inúmeros conflitos, pois os estrangeiros queriam sair do Brasil e seguir em direção ao Peru, mas as forças armadas do Peru não permitiram. Alguns haitianos acamparam na ponte, e coube ao Brasil novamente amparar com alimentação e cuidados de saúde.

Além da crise migratória, Assis Brasil vem sofrendo com os casos de Covid-19 e surto de Dengue. O prefeito já declarou Situação de Emergência na cidade. Os gastos com saúde e suporte aos imigrantes tem contribuído para gastos descomunais entre uma dos municípios que não tem economia forte no estado.

O Governo Federal já encaminhou equipes para acompanhar de perto a situação dos imigrantes, mais de concreto não há nada. Ou seja, a ponte continua bloqueada do lado peruano. Em recente visita ao estado, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), evitou comentar sobre o assunto, em sua comitiva, havia representante do Consulado do Haiti no Brasil, mas essa pauta não foi explanada durante a coletiva de visita do presidente.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.